O jovem foi encontrado em uma poça de sangue em um estacionamento onde pouco antes havia ocorrido um confronto, mas a causa do trauma permanece desconhecida.

Em Hong Kong, manifestantes vão a ato por Alex Chow, um estudante que morreu durante um protesto Ahmad Masood/Reuters Um estudante que no final de semana passado foi encontrado gravemente ferido após um protesto em Hong Kong morreu na manhã desta sexta-feira (8), informaram fontes médicas. Alex Chow, estudante de ciências da computação na Universidade de Ciência e Tecnologia, foi declarado morto nesta sexta, anunciou o Hospital Rainha Elizabeth de Hong Kong. Chow deu entrada na emergência já inconsciente, na madrugada de segunda-feira (4), após violentos incidentes entre policiais e manifestantes no distrito de Tseung Kwan O. O jovem foi encontrado em uma poça de sangue em um estacionamento onde pouco antes havia ocorrido um confronto, mas a causa do trauma permanece desconhecida. O movimento de protestos que abala Hong Kong há cinco meses convocou para esta sexta-feira vigílias em memória de um estudante que morreu em consequência dos ferimentos sofridos em uma queda durante confrontos com policiais. A convocação das vigílias pela morte do estudante Alex Chow aconteceu pelas redes sociais e em fóruns virtuais.